O Mover Atual de Deus

Nos últimos anos nós temos visto muitos movimentos religiosos surgindo. E o interessante é que sempre que surge um movimento novo desses, a tendência é eles quererem anular os movimentos mais “antigos” dizendo “Ah agora o mover é esse. Deus não move mais de determinada maneira. Essa moda de célula acabou. Essa moda de Encontros com Deus acabou. Agora o negócio é outro.”. E diante de tudo isso, diante de tantos movimentos e de tantas ênfases, a grande questão é: qual é o verdadeiro mover de Deus nos nossos dias? O que realmente passou e o que permanece?

Na Bíblia, existe algo que nós chamamos de dispensação. Dispensação nada mais é do que a maneira de Deus tratar com o homem dentro de um período específico na históriaE é importante você saber disso porque tem coisas na Bíblia que são Palavra de Deus, que foram inspiradas pelo Senhor, que são verdades bíblicas; mas que valiam apenas dentro de uma dispensação; ou seja, que deveriam ser aplicadas somente dentro de um contexto e de um período da história.

Um exemplo disso foi o que aconteceu logo depois da criação do homem. A palavra do Senhor diz em Genesis 1:26-28: “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.“.

Um pouco mais adiante também diz assim Gênesis 2:16-17: “E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Olha só, Deus criou o homem de acordo com Sua imagem e semelhança, o abençoou e também deu uma direção muito clara. ELE DISSE “Vocês vão crescer e multiplicar; vocês vão dominar sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre todo animal que rasteja pela terra; vocês vão cultivar o jardim; vocês podem comer do fruto de todas as árvores do jardim, inclusive da árvore da vida. PORÉM da árvore do conhecimento do bem e do mal vocês não vão comer porque se comerem vocês morrerão.” Essa foi a direção do Senhor para Adão e essa era a realidade que o homem vivia logo depois da criação. Essa dispensação é conhecida como a dispensação da inocência.

Se o homem não tivesse pecado, a nossa pregação hoje muito provavelmente seria essa: não coma do fruto proibido porque senão você vai morrer. Nós iríamos fazer seminários, nós teríamos cursos na igreja falando sobre como não comer do fruto errado, sobre como identificar o fruto proibidoMas, sabe o que aconteceu? ADÃO COMEU E ESSA DISPENSAÇÃO MUDOU!

Um outro exemplo de dispensação na Bíblia começou na época de Moisés (Êxodo 19:1-8). Esse é o momento em que Deus começa a falar a respeito das leis para o povo. E você sabe o que aconteceu depois que a lei veio? A mensagem que deveria ser pregada mudou. ANTES A MENSAGEM ERA: Não coma do fruto errado senão você vai morrer. E AGORA AQUI EM ÊXODO A MENSAGEM PASSOU A SER: se você cumprir toda a lei você será abençoado, caso contrário será amaldiçoado. Se você cumprir toda a lei você será salvo; se não cumprir será condenado.

Veja que a dispensação mudou e durante cerca de 1500 anos essa foi a mensagem. Moisés pregou isso; os profetas se levantaram para falar a respeito disso. Essa era a verdade no tempo deles. A verdade da Velha Aliança. A verdade da dispensação da Lei.

Mas sabe o que aconteceu depois desses 1500 anos? Jesus veio e a dispensação mudou mais uma vez. Em João 1:17 está escrito: “Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo.”. Olha só, a Bíblia diz que a lei foi dada por intermédio de Moisés, mas a graça e a verdade vieram por intermédio de Jesus. Quem é maior? Moisés ou Jesus? Claro que é JesusEntão debaixo de que palavra nós devemos andar? De Moisés ou de Jesus? De Jesus! Por isso entenda que a verdade que Jesus veio trazer é muito maior do que a verdade que Moisés veio trazer. Hebreus 8:7-12.

a) O versículo 7 começa dizendo “Porque, se aquela primeira aliança tivesse sido sem defeito [A respeito de que aliança está falando aqui? A respeito da Velha Aliança]…”.Ou seja, a própria Bíblia diz que a Velha Aliança tinha um defeito. Por isso foi necessário Jesus vir e fazer uma NovaDeus é perfeito mas o homem não é. O homem não era capaz de cumprir a lei. Por isso a Velha Aliança tinha um defeito. Porque ela não era capaz de salvar ninguém.

b) Depois o Senhor vem e diz que escreveria a lei no nosso coração. Está escrito assim no versículo 10: “Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor: na sua mente imprimirei as minhas leis, também sobre o seu coração as inscreverei”.

As vezes nós queremos mudar as pessoas na força do nosso braço. Queremos obriga-las a fazer as coisas. Queremos que elas mudem as atitudes. Mas a verdadeira transformação, aquela que tem a ver com o coração, somente o Senhor pode fazer. Porque é Ele quem muda a mente e o coração das pessoas.

Você quer ver a sua esposa sendo transformada, você quer ver o seu marido ou os seus filhos sendo transformados? Então, para de tentar fazer na força do seu braçoe vai orar e falar com quem tem esse poder que é o Senhor.

Depois, ainda no finalzinho do versículo 10, a Bíblia continua dizendo “Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo”. Você sabe o que isso quer dizer? Quer dizer que nós temos alguém que cuida de nós. Se você estiver doente você tem alguém para te curar; se você estiver necessitado de qualquer coisa, você tem alguém para te suprir. Porque Ele é o nosso Deus e nós somos o Seu povo.

E daí o texto conclui dizendo no versículo 12 “Pois, para com as suas iniqüidades, usarei de misericórdia e dos seus pecados jamais me lembrarei.”. Você consegue perceber a diferença aqui entre a velha aliança e a nova aliança? Na velha aliança a Bíblia diz que Deus iria visitar a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta gerações. ESTÁ ESCRITO LÁ EM ÊXODO 34. ESSA FOI UMA VERDADE PARA AQUELA ÉPOCA. Só que na Nova Aliança o Senhor vem e diz “Eu não vou mais visitar a iniquidade de vocês. Eu vou usar de misericórdia. Eu vou fazer questão de não me lembrar mais dos seus pecados”.

E isso é algo maravilhoso; sabe por que? Porque se Deus não se lembra mais dos seus pecados, Ele não pode mais te julgar e te condenar por causa deles. É POR ISSO QUE NÓS PODEMOS AFIRMAR QUE NA GRAÇA, NA NOVA ALIANÇA VOCÊ É LIVRE DE TODA CONDENAÇÃO.

Atos 20:28-32. Aqui nós encontramos as últimas palavras do apóstolo Paulo. E, é perceptível a preocupação deleEle disse que se levantariam muitos lobos, ou seja, muitos falsos mestres para perverter a Palavra de Deus; e no finalzinho ele também disse que devemos seguir a palavra da graça. Porque é essa palavra que tem o poder de nos edificar e trazer a nossa herança.

Você sabe, herança é diferente de pagamento. O pagamento é para quem merece; você trabalhou, você recebe; não trabalhou, não recebe. A lei era baseada no trabalho do homem. Só que a graça é baseada na herança. A herança não depende do que você faz; depende apenas de QUEM você éVOCÊ É FILHO DO REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES. Tudo o que é dEle é seu simplesmente porque você é filho. Foi isso o que Paulo disse aqui.

O mover atual de Deus é a graça; a nossa dispensação hoje é a da graça; essa verdade que começou a 2 mil anos atrás continua sendo a verdade para os nossos dias. É ESSA VERDADE QUE TEM PODER DE MUDAR A VIDA DAS PESSOAS. É ESSA VERDADE QUE TEM O PODER DE NOS EDIFICAR E DE NOS LEVAR A TOMAR POSSE DA HERANÇA EM DEUS. E depois dessa verdade não haverá outra, porque Jesus já está voltando.