Surpreendidos por Deus

Quem gosta de surpresa? Quem gosta de ser surpreendido? Depende muito da situação; depende se a surpresa é boa ou se ela é ruim. É bom demais quando alguém vem e te surpreende com um presente (às vezes não é nem o seu aniversário e a pessoa vem e te abençoa. Quando o marido vem e compra um presente para a esposa sem falar nada. Ou então, quando o marido chega em casa do trabalho, cansado, morrendo de fome; e a esposa fez um jantar todo especial para ele); Quando você está passando por um momento de dificuldade e alguém vem e libera uma palavra de consolo, de ânimo que você não esperava; 

Uma coisa é fato, existem surpresas que são boas e existem surpresas que são ruins; não tem jeito. Mas, Deus deseja te surpreender com coisas boas. Deus deseja surpreender você com a bondade dEle. O Senhor deseja fazer muito além das suas expectativas, muito além do que você tem esperado em nome de Jesus. E, essa é uma verdade que nós podemos ver em toda a Palavra de Deus.

Um exemplo está lá em João 2:1-11. Nessa passagem, a Bíblia conta a história de quando Jesus transformou água em vinho. Esse foi o primeiro milagre que Ele operou. Inclusive, no versículo 11 está escrito que com esse milagre, Jesus deu início aos Seus sinais em Caná da Galileia. E aqui nesse texto, logo de cara nós podemos perceber a importância que Deus dá ao casamento. O Senhor poderia muito bem ter começado o ministério dEle fazendo qualquer outro milagre, curando um enfermo, expulsando demônio de alguém, só que Ele fez questão de começar fazendo um milagre em uma festa de casamento. E tudo isso por que? Porque o Senhor se importa com o nosso casamento. Porque o nosso casamento é importante para Deus. ESSA É A MENSAGEM CENTRAL DO TEXTO. 

No versículo 3 diz o seguinte: “Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm mais vinho.”. Naquela época, as festas de casamento chegavam a durar vários dias (De 2 até 7 dias). Não eram apenas poucas horas como nos dias de hoje. E a Bíblia diz que no meio da festa o vinho acabou. Ou seja, não havia mais bebida para servir aos convidados (Você consegue imaginar a cena? Você consegue imaginar a vergonha dos noivos; tendo que mandar o pessoal embora antes do tempo porque não tinha mais o que servir para eles?). A Bíblia não entra em detalhes, mas eu acredito que era isso o que eles estavam sentindo: vergonha; vergonha porque as pessoas iriam ficar falando mal deles depois; frustração porque algo que eles haviam planejado, algo que eles tinham esperado com tanta ansiedade não estava indo do jeito que eles queriam.

Quantas vezes nós também nos sentimos assim em relação ao nosso casamento? Frustrados? Envergonhados? Tristes, porque as coisas estão dando errado dentro de casa; porque o sonho da sua vida acabou se tornando um grande pesadelo? MAS, FOI JUSTAMENTE NESSA HORA QUE O MILAGRE ACONTECEU. QUANDO NINGUÉM MAIS ESPERAVA, QUANDO NINGUÉM TINHA MAIS ESPERANÇA O SENHOR JESUS ENTROU EM CENA: Ele mandou que seis talhas (Cada uma com cerca de 100 litros) fossem cheias de água e Ele então transformou essa água em vinho. Sinceramente, você esperava que Ele fizesse isso? Você acha que os noivos ou os servos da festa estavam esperando por isso? É claro que não. Se você continuar lendo a história você vai perceber que todos eles ficaram surpreendidos com o milagre e com a qualidade do vinho.

Deus vai te surpreender nesses dias em nome de Jesus. E a água sem gosto, sem sabor, a água sem graça do seu casamento vai ser transformada num vinho maravilhoso que vai trazer a alegria de novo para vocês. Em nome de Jesus vai haver restauração e será uma restauração tão poderosa que o seu casamento vai ficar muito melhor do que já foi um dia.

 

Um segundo exemplo foi o que aconteceu com Moisés no meio do deserto: Êxodo 14:10-16. Só para você entender melhor o que estava acontecendo aqui, Moisés tinha acabado de libertar o povo da escravidão no Egito e Faraó estava atrás deles. Quando de repente eles ficaram completamente sem saída. Se eles voltassem para trás davam de cara com os inimigos e se eles seguissem em frente davam de cara com o Mar Vermelho. Não tinha como atravessar. Ninguém tinha barco para chegar do outro lado. E ainda que tivesse não seria suficiente, porque eram cerca de 600 mil pessoas fora mulheres e crianças.

Mas, sabe o que aconteceu no final da história? Deus abriu um caminho aonde não havia caminho. Esse é o Deus que nós servimos, um fazedor de caminhos, um abridor de portas, alguém que traz luz no meio da escuridão. Quantas vezes nós nos encontramos em situações como essas, no meio de uma situação humanamente impossível de ser resolvida e não sabemos a direção que devemos tomar. Daí ficamos preocupados, ansiosos, perdemos o sono, perdemos a fome. Mas, o nosso Deus vai te surpreender nesses dias em nome de Jesus. De onde você menos espera vai vir a solução para o seu problema. Portas vão se abrir diante de você, que você jamais imaginou que se abririam.

E um último exemplo está em Mateus 17:24-27. Aqui o Senhor vem e surpreende Pedro através de uma moeda que saiu da boca do peixe. A Bíblia diz que chegaram em Pedro questionando “Viu, o seu mestre não paga imposto não? Está todo mundo pagando. Ele não vai pagar não?” Naquela época, haviam basicamente dois tipos de impostos: a) um imposto civil que era pago para Roma e que todo mundo tinha que pagar; b) e havia também um imposto religioso que os judeus tinham que pagar e que servia basicamente para a manutenção do templo. Pedro está falando aqui a respeito desse imposto religioso.

E Jesus não precisava pagar por dois motivos: a) Primeiro, porque Ele era descendente de Davi. Lembra do que o rei Saul prometeu a quem vencesse Golias? Que daria a sua filha como esposa, daria riquezas e a sua casa não precisaria mais pagar imposto em Israel. Jesus era descendente de Davi. Então Ele não precisava pagar o imposto. 

b) E o segundo motivo é que Jesus era o Filho de Deus. No versículo 25 o Senhor disse o seguinte: “…Simão, que te parece? De quem cobram os reis da terra impostos ou tributo: dos seus filhos ou dos estranhos?”. Aqui, Jesus estava dando uma pista a respeito de quem Ele era: Ele disse que os filhos não pagam impostos. Ou seja, Ele estava querendo dizer para Pedro: “Pedro, será que você ainda não entendeu? Eu não preciso pagar imposto porque Eu sou Filho de Deus! Essa casa aí é minha!”.

Só que mesmo assim, para não escandalizar ninguém, Jesus fez questão de pagar. E é justamente aqui que o milagre acontece. Naquela região, havia uma espécie de peixe que engolia objetos brilhantes que caiam na água. Então, era comum esses peixes engolirem moedasO que não era comum era a moeda permanecer na boca do peixe. E foi isso o que aconteceu. A provisão estava na boca do peixe.

E agora eu te pergunto: o que isso significa para nós hoje? Significa que o nosso Deus é soberano. Significa que ainda que as coisas estejam fora do nosso controle, elas permanecem debaixo do controle do Senhor. Jesus surpreendeu Pedro com uma provisão de onde ele menos esperava e a mesma coisa vai acontecer com você em nome de Jesus. Talvez você esteja debaixo de pressão financeira nesses dias. As contas não param de chegar; o inverno está aí e o serviço caindo. Mas eu quero te dizer que a sua vida está nas mãos de Deus e o Senhor é aquele que traz a sua provisão. E Ele vai te surpreender nesses dias em nome de Jesus!

Essa é a Palavra que Deus quer liberar para nós como Igreja: Ele irá nos surpreender nesses dias em nome de Jesus. Ele vai fazer muito mais do que você tem esperado. Porque esse é o nosso Deus. Um Deus que surpreende. Essa é uma palavra simples, porém poderosa para mudar completamente a sua vida. BASTA VOCÊ CRER E TOMAR POSSE DELA. “9 mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” 1Coríntios 2:9